Orquidea Phalaenopsis

Orquidea Phalaenopsis

 

Orquidea phalaenopsis , você já ouviu falar? Pode não ter escutado por esse nome, mas com certeza já viu alguma vez essa famosa e linda orquídea popularmente chamada de orquídea-borboleta ou orquídea mariposa.

Essa espécie de orquídea é originária do sudeste asiático, aparecendo principalmente nas Filipinas. Seu gênero possui cerca de 65 subespécies que são prioritariamente epífitas, mas também aparecem como rupícolas. Além disso, também é uma espécie considerada perene, ou seja, seu ciclo de vida é de longa duração.

As orquideas phalaenopsis são muito comuns de serem encontradas à venda em mercados, floriculturas e orquidarios. Elas são uma das principais espécies de orquídeas escolhidas para cultivo, se reproduzem facilmente e, por isso, normalmente são baratas.

É uma orquídea muito versátil quanto ao plantio e ao cultivo, além de ser uma ótima escolha tanto para quem está começando a cuidar de orquídeas, quanto para cultivadores mais experientes. Mas é sempre importante estar atento aos cuidados que essa plantinha requer, e por isso, criamos um cursinho GRATUITO que ensina tudo sobre o mundo das orquideas, englobando dicas e cuidados. Para se inscrever é só deixar os dados ao lado.

Orquidea phalaenopsis : características

As características da orquidea phalaenopsis são bem marcantes e fáceis de reconhecer. Essa orquídea é de crescimento monopodial, ou seja, o seu caule cresce a partir de um único botão e as folhas que são largas e brilhosas são adicionadas a partir do ápice a cada ano. Possui raízes longas, grossas e flexíveis, e desprovidas de pseudobulbo, o que aumenta sua dependência de umidade e de nutrientes.

Sua floração é um pouco diferente do restante das orquídeas. Diferentemente das outras, a phalaenopsis pode florir até três vezes ao ano abundantemente. Suas flores medem cerca de 8 centímetros e nascem pelas longas hastes. As pétalas são arredondadas e a coloração varia muito, mas é mais comum encontrarmos brancas, amarelas e rosas, e não possuem perfume.

É normal que algumas dessas características variem um pouco de orquídea para orquidea, pois a phalaenopsis possui várias espécies diferentes e também participa de muitos cruzamentos entre espécies, gerando vários híbridos.

Cultivo de orquideas phalaenopsis

O cultivo de orquideas phalaenopsis, como já dito antes, é muito prático e fácil. Essa orquídea se adapta muito bem à diversas formas de plantio, o que facilita na hora de cuidar dela.

As phalaenopsis apreciam clima quente, com temperaturas entre 18 e 25 graus, úmido e sombreado. Em geral, elas se desenvolvem nas copas das árvores, recebendo sombra quase o dia todo, mas essa espécie também consegue aguentar alguns minutos de luz direta sem ser prejudicial à sua saúde.

Contudo, o que mais se recomenda ao cultivo de uma phalaenopsis é que se tente reproduzir as condições do seu habitat natural. Por exemplo, manter a orquídea em lugares de meia sombra, mantê-la sempre com substrato úmido, principalmente por conta de sua deficiência, e também adubá-la regularmente, como de quinze em quinze dias ou uma vez ao mês. Mas lembre-se de adubar somente quando ela estiver sem flores.

Os cuidados com orquideas podem parecer um pouco complicados, pois exigem dedicação, mas com certeza o resultado recompensa. Imagine ter sempre sua casa enfeitada com as belíssimas flores de phalaenopsis! É realmente maravilhoso. E, querendo lhe ajudar ao máximo, nós disponibilizamos um curso GRATUITO que ajuda em todos os cuidados necessários, com dicas valiosas sobre plantio e cultivo de orquideas. Para você se inscrever é preciso apenas deixar seus dados no link abaixo e já irá receber no seu e-mail a primeira lição do curso. Obrigada pela sua visita!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Previous post:

Next post: