Como cuidar de orquideas em vaso

Como cuidar de orquideas em vaso

 

Como cuidar de orquideas em vaso ? As orquídeas são plantas versáteis que possuem diversas formas de plantio, sendo a mais comum delas, ser plantada em vaso. Normalmente não existe uma restrição de espécie que deva ou que não possa ser plantada em vasos, pois a maioria das orquídeas consegue ser plantada em mais de um lugar.

Quando plantamos orquideas em vasos, precisa-se, primeiramente, saber se aquela orquídea conseguirá se adaptar no vaso escolhido e no local proposto para ela. Identificar as características da orquídea é a melhor forma de saber como criar um ambiente propício para o seu cultivo.

Existe uma infinidade de tipos de vasos para plantas, mas poucas pessoas sabem que não dá para usar qualquer um no cultivo de orquídeas. Elas são muito delicadas e precisam de cuidados específicos, que começam desde a escolha do vaso certo. Pois bem, vamos ver juntos como cuidar de orquideas em vaso?

As curiosidades sobre essas plantas lindas são muitas, e é sempre interessante saber mais. Descubra essas curiosidades e muitas outras informações sobre o mundo das orquideas com o nosso curso GRATUITO, que ensina o passo a passo de todo plantio e cultivo. Para se inscrever é só deixar os dados ao lado.

Qual o melhor vaso para orquídeas ?

Qual o melhor vaso para orquídeas? Como falamos anteriormente, existe muitos tipos de vasos, e agora vamos lhe dizer como escolher o ideal para a sua orquídea.

O vaso tem que ser sempre dois centímetros maior que a orquídea, sobrando um espaço de dois dedos entre o pseudobulbo e a borda do vaso. Dessa forma a orquídea poderá se desenvolver sem precisar fazer a troca do vaso tão rapidamente. A troca só deve ser feita quando as raízes começarem a transbordar do vaso, ou quando a orquídea não conseguir se adaptar bem no início do cultivo.

O vaso ideal para as orquídeas é aquele de barro que tem furos laterais, pois estes conseguem drenar melhor a água. Ao regar uma orquídea, é preciso fazer isso de forma abundante, e os furos fazem com que a água escorra e não se acumule no fundo do vaso. Dessa forma, consegue-se evitar o apodrecimento das raízes.

Uma dúvida comum que as pessoas têm é em relação a usar ou não usar um pratinho embaixo do vaso, o correto é não usar o pratinho, pois ali se acumula muita água, que pode ficar em contato direto com as raízes por muito tempo, e acabar causando uma doença por fungos ou bactérias. Além de também propiciar a reprodução de mosquitos por causa da água parada.

Use sempre um vaso limpo e de preferência novo, se for usar um que já tinha outra planta, o lave muito bem com cloro antes de colocar uma nova orquídea.

Cuidados com orquideas em vasos

Os cuidados com orquideas em vasos devem ser feitos com atenção. Quando cultivamos em vaso, é mais fácil de conseguir propiciar os nutrientes necessários que a planta precisa.

Começando com o substrato, como a maioria das orquideas não estão na natureza, precisam de nutrientes, por isso, o substrato deve ser rico em matéria orgânica. Além disso, procure usar um substrato que ajude ainda mais a drenar a água, como brita ou argila estendida.

O ambiente onde o vaso deve ficar, precisa ser um lugar que receba tanto sol como sombra. Deve ser um lugar arejado, com bastante ventilação, para que a orquídea também consiga captar a umidade presente no ar. Procure um local que consiga propiciar todos esses aspectos para um desenvolvimento melhor da sua orquídea.

Em relação a regas e adubação, é recomendado sempre verificar como a sua espécie de orquidea prefere. Quando falamos de orquideas no vaso, a adubação é quase sempre necessária para conseguir repor todos os nutrientes exigidos pela planta. O ideal seria fazer a adubação química de uma a duas vezes ao mês, intercalando com a adubação foliar. E as regas sempre variam em relação ao clima, quando mais quente mais regas, e quando esfria, reduz a frequência.

É sempre bom estar atento a todos os sinais que as orquídeas indicam durante o seu cultivo, eles são essenciais para que os cultivadores vejam se a orquídea está se adaptando bem ou não. Saiba tudo sobre orquídeas e suas curiosidades acessando o nosso cursinho GRATUITO, para se inscrever é só deixar os dados abaixo!

 

 

 

 

 

 

 

 

Previous post:

Next post: